Resenhas

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

[RESENHA] "NÃO OLHE PARA TRÁS" - JENNIFER L. ARMENTROUT

Nome: Não Olhe Para Trás
Autora: Jennifer L. Armentrout
Editora: Farol Literário
Onde comprar: Buscapé

Livro cedido pela editora.
Ela seguia por uma estrada, descalça e coberta de sangue. Ao ser encontrada, um diagnóstico: amnésia dissociativa. Uma experiência traumática causou a perda da memória, que ninguém sabe se voltará. Seu nome é Samantha. Ela é linda, seus pais têm muito dinheiro, o namorado é um príncipe encantado e, junto com Cassie, era a menina mais popular da escola – a patricinha malvada que decidia quem era in e quem estava por fora. Até o dia em que ambas desapareceram. Só uma voltou e agora terá a chance de reviver tudo, como se fosse a primeira vez. Mas por que Samantha não está ansiosa para voltar ao seu conto de fadas?

Antes de começar a leitura eu pedi ao livro, “Surpreenda-me” e bem... ele me surpreendeu! A história começa com uma adolescente desorientada e com vários ferimentos pelo corpo caminhando em uma rua solitária, sem nenhuma memória sobre sua vida – nem mesmo o seu nome. Encontrada e levada ao hospital por um policial, a garota descobre que se chama Samantha e que faz parte de uma das famílias mais ricas de sua cidade. Samantha é informada de que desapareceu há quatro dias, junto com a sua melhor amiga Cassie e que até agora, ela foi a única a retornar.

De volta à mansão onde mora com os pais e Scott, seu irmão gêmeo, ela aos poucos tenta se reconectar com essas pessoas que ela sabe que deveria amar - e que no momento são simples estranhos. Mas conforme o tempo passa e ela conhece melhor a si mesma e as pessoas a sua volta, mais ela mergulha em uma confusão de sentimentos e maior é a sua repulsa pela pessoa que costumava ser: uma patricinha mimada, que maltratava todos aqueles que não pertenciam à alta sociedade e ao seu grupinho de amigos populares.
“Eu estava presa àquela vida da qual não me lembrava, presa no corpo daquela garota, a tal Samantha Jo Franco e , quanto mais eu descobria a respeito dela, mais eu começava a detestá-la.”
Entretanto, ela precisa recuperar suas memórias e quem sabe assim, conseguir ajudar a polícia a descobrir onde Cassie está. Sam passa a investigar a própria vida e a relação com a melhor amiga, e descobre que nem tudo é o que parece ser. Por trás da fachada de amizade, existia uma rivalidade entre as duas garotas.

Depois de encarar a rispidez de tanta gente Samantha não tem dúvidas de que, antes do seu "acidente", ela era uma megera completa - e que ela foi a última pessoa a ver Cassie, com quem ela tinha uma relação de amor e ódio. Mas até onde ia essa rivalidade? E até que ponto chegava às maldades da antiga Sam?
“Não havia como entender mal os olhares que me lançavam na sala de aula ou no corredor. Olhares desconfiados e acusadores.
[...]
Era provável que minha reputação fosse tão assustadora que as pessoas acreditassem que eu era capaz de fazer algo horrível com a Cassie. Eu não queria pensar nisso, mas uma parte bem pequenininha de mim tinha medo.”
Não tenho outra palavra para definir “Não Olhe Para Trás” que não seja surpreendente. A história gira em torno de Sam e sua busca por saber o que aconteceu com ela e Cassie, quem foi o responsável pelo desaparecimento das duas e candidatos é o que não falta, pois juntas elas eram um terror e muito odiadas por várias pessoas. Ao longo da narrativa a autora vai dando várias pistas sobre o real culpado, mas a coisa é tão bem feita que você suspeita de vários personagens, sem realmente conseguir encaixar o quebra cabeça – só no final do livro, óbvio.

O que aconteceu com Samantha não foi uma coisa boa, mas é inegável que teve um lado positivo para ela, que nem sempre foi uma garota má. A perda da memória faz com que seu lado bom volte à tona e a sua mudança reaproxima os verdadeiros amigos, que ela afastou ao iniciar uma amizade com Cassie, Del - o namorado - e companhia.

É nesses momentos em que ela se da conta do verdadeiro caráter das pessoas que a cercam. Del, que a única coisa que parece saber sobre ela é o quanto amava fazer compras. Carson, o filho do empregado e um garoto que costumava ser seu amigo de infância antes de se tornar mais uma vítima de sua arrogância, e que no entanto, nesses momentos difíceis está ao lado dela ajudando-a a se lembrar até mesmo do que ela pedia na lanchonete no café da manhã. Verônica, Candy e Lauren, que são parte do mesmo grupo de populares que Sam e Cassie, e que tudo o que fazem é lançar olhares suspeitos ou de deboche para a nova Samantha. Julie, uma ex-amiga de infância e agora namorada de Scott, cuja amizade foi deixada de lado por usar uma blusa de cor diferente no dia errado.

Infelizmente o relacionamento de Sam e Cassie não foi tão aprofundado – o que eu acho compreensível, pois o foco do livro não é essa parte da vida de Sam e sim o mistério em torno do seu desaparecimento. Mas não posso evitar minha curiosidade sobre o que se passava na mente da antiga Sam em relação a isso, já que ela parecia uma garota tão segura de si, mas obviamente se deixava ser persuadida pelos outros e ainda mais por Cassie.
“Tudo levava de volta à Cassie. A garota tinha todo aquele controle sobre a minha vida? Ou era algo a mais?”
A leitura foi maravilhosa e fluiu muito bem. O livro tem um bom ritmo, com uma mistura de romance, mistério e muitas intrigas entre os personagens. A autora tem uma boa escrita, que prende a atenção do leitor e o deixa ansioso para terminar livro e assim desvendar todos os seus mistérios. Quanto mais eu lia, mais louca pelo final eu ficava, mas ao mesmo tempo havia aquele sentimento de não querer que acabasse logo porque a história é simplesmente muito gostosa de acompanhar. E quando a história finalmente acabou, eu imediatamente quis ir para o início e ler tudo outra vez.

A Editora Farol Literário fez um trabalho incrível com a revisão – que está impecável - e diagramação. A primeira página de cada capítulo da a impressão de papel amassado, assim como a capa, e o texto tem uma boa fonte e tamanho de letra.

Esse livro veio no meio do kit de boas-vindas aos blogueiros parceiros da editora, ou seja, não estava nos meus planos de leitura do mês de fevereiro, mas resolvi dar uma chance e só tenho que agradecer a Farol Literário por essa surpresa adorável. “Não Olhe Para Trás” definitivamente entrou para a minha lista de livros favoritos.
“Não olhe para trás Samantha. Não gostará do que vai encontrar.”

Logo abaixo você pode ler um trecho


8 comentários:

  1. Ameii a resenha , só de ler fiquei curiosa , esse livro vai pra minha lista de compras de livros .
    Não posso deixar de ler .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa Ster. Fico muito feliz que tenha gostado da resenha. Leia o livro sim, pois é uma óotima história. Nunca pensei que eu iria gostar tanto de um thriller, mas "Não Olhe Para Trás" foi mesmo incrível. ^^

      Excluir
  2. Realmente esse livro foi UAAAAAAAAAL Farol tá de parabéns por ter trazido ele aqui pro Brasil <3

    www.livroterapias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está sim ♥♥ Me apaixonei por esse livro. Muito bom mesmo! *-*

      Excluir
  3. O livro já esta na minha estante mas me faltava algum incentivo. Sua resenha está ótima e conseguiu me dar o incentivo que faltava. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Anastacia, fico feliz que tenha gostado da resenha. E quanto ao livro, meeeniiina, corre que ta perdendo uma boa leitura. Xx

      Excluir
  4. Ai Natti!! Adorei a resenha e deu vontade de ler o livro!! hahaha entendo sua curiosidade quanto a antiga personalidade da Sam, mas eu acho que se ela fosso muito mostrada iríamos acabar odiando a personagem e esse não é o intuito da autora né?

    Xo
    Alisson
    Re.View

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, eu queria saber as razões de, por exemplo, ela tratar mal uma pessoa na frente de todos, sendo que na verdade ela gostava dessa pessoa. Até tem uma pequena explicação para o comportamento dela, mas foi algo tão pequeno e rápido que não me satisfez. Mas eu entendo sim o motivo da autora não aprofundar, até porque acho que ai seria necessário um outro livro, para recontar toda a adolescência da protagonista. Quando a leitura, MUITO BOM MESMO e como já disse (hehe), super recomendo. Xx

      Excluir