Resenhas

segunda-feira, 22 de junho de 2015

[DIVULGAÇÃO] "VANGO - ENTRE O CÉU E A TERRA", DE TIMOTHÉE DE FOMBELLE

Salvar a pele e, ao mesmo tempo, descobrir a própria identidade: esses são os grandes desafios de Vango. Ao ler esse thriller histórico, ambientado no conturbado período entre as duas grandes guerras mundiais, somos impelidos a fugir com esse rapaz órfão de 19 anos que desconhece sua origem e tenta entender por que a polícia e um franco-atirador estão em seu encalço.

A narrativa começa na solenidade em que Vango e outros seminaristas seriam ordenados padres na Catedral de Notre-Dame, em Paris. O assassinato do padre Jean, seu protetor, desencadeia a perseguição ao rapaz, suspeito do crime, que empreende uma fuga espetacular ao escalar nada menos do que os famosos vitrais da catedral. Essa cena é apenas um exemplo da aventura de que é feita toda a saga, em que acompanharemos nosso protagonista em situações e lugares improváveis – pulando de um trem em movimento, escondido na copa das árvores num bosque da Escócia ou dependurado num zepelim sobre um vulcão.

O fracasso em não ter sido ordenado padre deixa nosso herói arrasado, mas a jovem Ethel, porém, fica bem feliz. É ela quem vai ajudar Vango a provar sua inocência. A saga traz outros personagens marcados por segredos, como Mademoiselle, a senhora poliglota e sem memória com quem Vango é salvo do naufrágio na costa da Sicília aos 3 anos, e Hugo Eckener, personagem verídico, comandante do Graf Zeppelin, o grande dirigível que fascinou o mundo nas primeiras décadas do século XX. Algumas personalidades incorporadas à história são Joseph Stalin, sua filha Svetlana e Adolf Hitler.


Oláa queridos leitores e leitoras. Hoje venho falar sobre "Vango - Entre o Céu e a Terra", um juvenil escrito pelo francês Timothée de Fombelle e publicado no Brasil pela Editora Melhoramentos. A obra já foi traduzida para mais de vinte e dois idiomas.


Ambientado no período entre as duas grandes guerras mundiais, a história acompanha o jovem Vango, suspeito de assassinar seu protetor, o Padre Jean. A acusação obriga Vango a fugir e buscar uma maneira de provar sua inocência. Algumas personalidades históricas são incorporadas à narrativa, como Hugo Eckener, Stalin e Hitler

Eu ainda não li o livro, mas estou muito interessa pois amo História, principalmente a do período das Grandes Guerras, então é claro que qualquer narrativa que se passa nessas épocas chama a minha atenção. Além disso sou fã de uma boa aventura, que é o que "Vango" parece ser.

Leia um trecho do livro:


Editora Melhoramentos :: Site | Facebook
Vango - Entre o Céu e a Terra :: Skoob

Nenhum comentário:

Postar um comentário