Resenhas

quinta-feira, 14 de abril de 2016

[CINEMA] DIVULGADAS AS PRIMEIRAS IMAGENS DA ADAPTAÇÃO "UM GATO DE RUA CHAMADO BOB"

O músico e autor James Bowen com seu gato, Bob.
A adaptação da biografia "Um Gato de Rua Chamado Bob" ganhou suas primeiras imagens. Luke Treadaway ('Fúria de Titãs') estrela como James Bowen, ex-viciado em drogas cujos livros sobre sua vida nas ruas com seu gato já venderam milhares de cópias em todo o mundo. O gato do filme é o próprio Bob.

Em "Um Gato de Rua Chamado Bob", escrito em parceria com Garry Jenkins, Bowen conta sobre a época em que ele, se recuperando de seu vício em drogas, cantava nas ruas de Londres. Foi assim que ele encontrou Bob, um gato de rua que ele adotou e passou a levar consigo em suas apresentações, onde interagia com o animal. Os vídeos de seus shows foram para o youtube e os dois se tornaram uma atração instantânea.











Além de Luke Treadaway, a adaptação conta com a atriz Ruta Gedmintas como Belle. Roger Spottiswoode ('007 - O Amanhã Nunca Morre') dirigiu e Tim John ('Sete Homens e um Destino') escreveu o roteiro do filme. Adam Rolston é o produtor, enquanto Tim Smith ('O Discurso do Rei') e Paul Brett ('O Discurso do Rei') são os produtores executivos.

"Um Gato de Rua Chamado Bob" foi publicado no Brasil pela Editora Novo Conceito.

É uma tarde de outono em Covent Garden, Londres. Trabalhadores correm para o almoço, turistas brotam de todos os lados e clientes entram e saem das lojas.

No meio de tudo isso está um gato. Usando um vistoso lenço Union Jack em volta do pescoço e cercado por uma multidão de 30 espectadores de boca aberta, Bob, o gatinho cor de laranja, sorri — é, sorri — timidamente.

Próximo a ele, está seu dono James Bowen, com seu violão surrado, cantando músicas do Oasis. Então, ele para de tocar e se abaixa para Bob: “;Vamos, Bob, cumprimente!”;, diz. Bob mexe os bigodes, levanta uma pata e a estende para James. A multidão assobia.

Não é todo dia que se vê um gato sentado, calmamente, no centro de Londres, aparentemente sem se abalar com o barulho das sirenes, os carros passando e todo aquele movimento — mas Bob não é um gato comum...

Nenhum comentário:

Postar um comentário