Resenhas

domingo, 11 de setembro de 2016

[NOVIDADES] PLANETA DE LIVROS PUBLICARÁ ROMANCE HOT DE VI KEELAND

A Editora Planeta de Livros adquiriu o romance "Bossman", da autora Vi Keeland. A informação foi divulgada pela Bookcase Literary Agency, através de seu site oficial.

Ainda sem previsão de lançamento no Brasil, a obra conta a história de Reese, uma mulher que ao tentar de livrar de um encontro ruim acaba conhecendo Chase, um estranho sexy que a salva do compromisso entediante. Nos dias que se seguem ela não consegue parar de pensar nele, apenas para descobrir que Chase será o seu novo chefe.

Vi Keeland é também a autora da trilogia "MMA Fighter", publicada pela Charme. A editora também publicará outros dois romances da autora, "The Baller" e "Left Behind", que Keeland escreveu em parceria com Dylan Scott.

Confira a capa estrangeira e a sinopse traduzida:

A primeira vez que encontrei Chase Parker, eu não fiz exatamente uma boa impressão.

Eu estava me escondendo no corredor do banheiro de um restaurante, deixando uma mensagem para a minha melhor amiga me salvar do meu encontro horrível.

Ele ouviu e disse que eu era uma cadela, então começou a me oferecer alguns conselhos amorosos.

Então eu disse a ele para cuidar do seu próprio maldito negócio - o seu alto, lindo, egocêntrico maldito negócio - e voltei para o meu encontro miserável.

Quando ele passou pela minha mesa, ele sorriu e eu observei seu arrogante e sexy traseiro caminhar de volta para o seu encontro.

Eu não pude evitar olhar sorrateiramente as escondidas para o idiota do outro lado da sala. Claro, ele me pegou em mais de uma ocasião e piscou.

Quando o lindo estranho e seu encontro igualmente quente de repente apareceram na nossa mesa, eu pensei que ele ia me dedurar.

Mas em vez disso, ele fingiu que me conhecia e se juntou a nós, contando histórias elaboradas e embaraçosas sobre a nossa infância falsa.

O meu encontro de repente passou de entediante para bizarramente emocionante.

Quando acabou e nos separamos, eu pensei sobre ele mais do que eu jamais iria admitir, embora eu sabia que nunca iria vê-lo novamente.

Quer dizer, quais eram as chances que eu esbarrar com ele novamente em uma cidade com oito milhões de pessoas? Então, de novo...

Quais eram as chances de, um mês depois, ele acabar sendo meu novo e sexy chefe?

2 comentários: