Resenhas

sábado, 8 de outubro de 2016

[RESENHA] "O ACORDO", DE ELLE KENNEDY

Nome: O Acordo
Autora: Elle Kennedy
Série: Amores Improváveis (#01)
Editora: Paralela
Onde ComprarBuscapé

Livro enviado como cortesia pela Editora Paralela
Hannah Wells finalmente encontrou alguém que a interessasse. Embora seja autoconfiante em vários outros aspectos da vida, carrega nas costas uma bagagem e tanto quando o assunto é sexo e sedução. Não vai ter jeito: ela vai ter que sair da zona de conforto… Mesmo que isso signifique dar aulas particulares para o infantil, irritante e convencido capitão do time de hóquei, em troca de um encontro de mentirinha. Tudo o que Garrett Graham quer é se formar para poder jogar hóquei profissional. Mas suas notas cada vez mais baixas estão ameaçando arruinar tudo aquilo pelo que tanto se dedicou. Se ajudar uma garota linda e sarcástica a fazer ciúmes em outro cara puder garantir sua vaga no time, ele topa. Mas o que era apenas uma troca de favores entre dois opostos acaba se tornando uma amizade inesperada. Até que um beijo faz que Hannah e Garrett precisem repensar os termos de seu acordo.

Hannah tinha problemas como todos, mas pelo menos na faculdade as coisas iam bem para ela. A situação financeira de seus pais a preocupava, mas se ela conseguisse vencer um festival de apresentações e ganhasse, o valor poderia tirá-los do sufoco. Seus objetivos eram claros: Hannah precisava vencer. Com uma voz excepcional, ela esperava causar boa impressão não só nos jurados, mas em Justin, um atleta por quem Hannah tinha uma quedinha. Mas como ela se esforçava para manter a cabeça nos estudos, ele nunca a reparara. 

Hannah era a típica garota tímida, que não tinha muitos amigos, que não ia em festas, que tirava boas notas. E para ela as coisas funcionavam bem assim. Até o dia em que Garrett, o famoso atleta de hóquei vulgo rei da faculdade, cruza seu caminho. Hannah odiava caras como Garrett: que só se importavam em pegar garotas. Tudo que ele representava era desprezado por Hannah, e ela só desejava manter distância de pessoas como ele.

Garrett conhece Hannah em uma aula de ética, e após receber a nota da prova descobre que precisa da ajuda dela para estudar. Diferente da ideia pré-concebida por todos de que atletas são burros, Garrett não deixava as notas caírem para que isso não o impedisse de jogar. Mas se sua média não aumentasse, ele ficaria fora do time, e como capitão, isso era inconcebível. Quando ele vê que Hannah era boa na matéria, faz de sua meta convencê-la a ajudá-lo. Como ele nunca desistia fácil, insistiu até encontrar uma forma de convencer Hannah
" Garret
 Mas, sério, às vezes não me sinto nem metade desse cara que as pessoas têm certeza que sou, e não tenho dúvidas de que, se elas se dessem ao trabalho de me conhecer de verdade, provavelmente mudariam de ideia. É como aquele lago em que esquiava quando criança - de longe, o gelo parecia tão lisinho e brilhoso, mas, ao chegar perto, a superfície irregular e as marcas de patins se tornavam visíveis. É a mesma coisa comigo, acho. Coberto de marcas de patins que ninguém nunca parece perceber."
O acordo era: se Hannah ajudasse Garrett a passar em ética, Garrett ajudaria Hannah a se dar bem com Justin. Depois que ambos conseguissem o que queriam, fim de papo. Parece simples não é? E para eles tudo estava bem claro; não eram amigos, estavam apenas se ajudando. Nenhum sentia nada pelo outro, eram apenas negócios. Até o momento em que eles começam a se conhecer, e a estabelecer uma conexão antes nunca experimentada. A amizade foi crescendo de uma forma assustadoramente rápida; e o caminho fica estreito quando os dois se beijam. Como fica o acordo? E qual a relação dos dois? São amigos? Podem ser mais do que amigos? Duas pessoas tão diferentes podem ficar juntas? 


Ambos tem um passado conturbado e cheio de feridas não cicatrizadas. Uma amizade nasce do improvável, mas Garrett sabia que para ele era ali que as coisas acabavam. Ele não namorava, não se envolvia. Já Hannah sempre jurou achar ridícula a pose de "gostosão" de Garrett. Nada nele era o que Hannah buscava em um cara. Seu foco era Justin, certo? Ela não tinha tempo para perder com caras como Garrett. E seu passado a impedia de confiar o suficiente em alguém para viver plenamente um romance. O que será que acontecerá com esses dois?
" Hannah
Em geral, sou tão confiante em outras áreas da minha vida. No canto, nos trabalhos da faculdade, com os amigos. Quando se trata de relacionamentos, porém, volto a ser aquela menina traumatizada de quinze anos que precisou de três anos de terapia para se sentir normal de novo. Será que Allie não aprovaria se soubesse que estava usando Garrett para chegar a Justin, e agora não estou com cabeça para sermões."

Isa Diz


Gente, eu simplesmente AMEI ESSE LIVROOOOO!!!!! Sério, eu ri do início ao fim. Eu amo livros que conseguem extrair de mim diversas emoções. Hannah e Garrett se achavam muito diferentes; e quem vê o externo pensa o mesmo. Mas por dentro ambos eram muito parecidos, e talvez por isso uma amizade cresceu e se fortaleceu. 

Foi encantador ver os dois se conhecendo, confiando um no outro, maratonando Breaking Bad, implicando um com o outro. Me emocionei com o passado de cada um, e ficou claro algo pra mim: muitas vezes vemos o exterior de alguém e pensamos que sabemos quem aquela pessoa é. Nada podia ter me preparado para o que Garrett viveu, e Hannah? Eu não consigo imaginar como lidaria se algo do tipo acontecesse comigo. Admirei muito os dois pela força que tiveram para enfrentar tudo e seguirem em frente com a vida.

Os demais personagens também me encantaram, e mal posso me conter para conhecer mais Logan, melhor amigo de Garrett que nos conta sua história no livro 2, O Erro. Gente. eu queria poder expressar o que esse livro é para mim, mas não consigo encontrar palavras que exprimem a miríade de sentimentos que me atravessam quando lembro dessa obra. 

Eu devorei em questão de horas, e foi uma leitura fluida e tão gostosa que há muito eu não experimentava. Um romance leve, um drama envolvente, uma comédia contagiante, com personagens bem construídos e muito reais = um livro extraordinário. VOCÊS PRECISAM LER!! Editora arrasou; muito obrigada por esse presente lindo. Em breve leio o segundo e conto para vocês como foi. mas já me preparo para segurar os forninhos.

2 comentários:

  1. Olá Isa!
    Estou vendo esse livro sempre que vou na livraria e toda vez pego ele na mão para comprar, mas estava na dúvida hahaha
    Simplesmente adorei saber suas impressões sobre a história. Eu super me interessei, gosto desse tipo de leitura!
    Parabéns pela resenha, beijos!

    http://www.booksimpressions.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caso leia, espero que goste do livro tanto quanto a Isa gostou. =D

      Excluir

ATENÇÃO

O blog Paixonites Literárias não incentiva o download ilegal de livros. Por favor, peço para que não utilizem esse espaço de comentários para solicitar ou fornecer livros e/ou sites para download. Comentários dessa espécie serão excluídos.