Resenhas

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

[RESENHA] "UM PORTO SEGURO", DE NICHOLAS SPARKS

Nome: Um Porto Seguro
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Onde ComprarBuscapé
Livro enviado como cortesia pela Arqueiro
Southport pode ser um bom lugar para recomeçar. Esse foi o pensamento de Katie quando ela chegou à pequena cidade da Carolina do Norte. Linda e reservada, a moça estava decidida a não criar laços com ninguém. Ou, pelo menos, essa era a intenção até conhecer Jo, sua vizinha extrovertida e brincalhona, e Alex Wheatley, o simpático dono do armazém, pai de duas crianças adoráveis.

Apesar de relutante, Katie aos poucos firma raízes na comunidade e, depois de conhecer melhor a família e o bom coração de Alex, começa a abrir espaço em sua vida para o amor. No entanto, esse novo relacionamento faz com que ela se veja diante de antigos medos que pretendia deixar no passado.

Confrontada pelos próprios fantasmas, Katie precisa decidir entre ceder a eles ou enfrentá-los. E, no momento mais difícil, ela descobrirá que o amor é o único porto seguro.

Um dos livros mais intensos de Nicholas Sparks, Um porto seguro é promessa certeira de lágrimas, sorrisos e surpresas emocionantes.

A vida de Katie não estava fácil. Mesmo após quatro meses, ela ainda não tinha uma rotina normal e tranquila. Ela sabia que o que tinha deixado para trás ao se mudar para Southport um dia voltaria para tentar pegá-la novamente. Apesar da cidade ser encantadora, ela se limitava a ser educada e gentil. Nada de criar laços, nada de fazer amizades profundas. Ela sabia, por experiência própria, que muitas vezes as coisas começam bem, mas depois tudo virava um inferno e você se via perdido. Mas Katie podia dizer que, pelo menos por alguns minutos, podia experimentar a paz e felicidade de estar a salvo e tentando começar uma vida nova, longe de tudo que a machucava.

O tempo vai passando e Katie acaba se envolvendo com as pessoas daquele lugar, que pareciam ser boas. Sempre se lembrando de não baixar a guarda, ela acaba criando laços profundos com sua vizinha Jo, e com Alex, dono da mercearia local e pai de Josh e Kristen. As crianças acabam gostando muito de Katie, e Alex também, o que resulta em vários passeios e conversas prolongadas.
" Ela notou como Alex, sentado entre os filhos, lutava com seu s'more esfarelento, fazendo a maior bagunça. Quando ele usou os dedos para limpar a boca, só piorou as coisas. As crianças acharam graça, e Katie também não pôde deixar de rir, e se sentiu invadida por uma súbita e inesperada onda de esperança. Apesar da tragédia pela qual todos eles tinham passado, aquela era uma família feliz; era isso que uma família amorosa fazia quando todos estavam juntos. Para eles, não era nada além de um dia normal em um fim de semana normal. Para ela, entretanto, havia algo de revelador em descobrir que momentos maravilhosos como aquele existiam.Talvez, algum dia, ela pudesse viver dias parecidos."
Alex e os filhos também possuem um passado que foi muito doloroso, mas como família cada um dá apoio e conforto um ao outro quando as lembranças trazem dor. A mulher de Alex, Carly, morrera por um tumor no cérebro, e a perda foi tão difícil para as crianças quanto para ele. A responsabilidade que caíra sobre Alex de criar dois filhos pequenos sozinhos às vezes era sufocante. Mas o amor por falava mais alto e mesmo com a ausência de Carly ele podia se dizer feliz.

A chegada de Katie é como um novo sopro de ar no deserto. Alex aprecia a companhia dela, e se vê sentindo coisas que há muito não sentia. Mas seus anos como policial lhe mostraram que ela escondia algo, e não compartilhava muito. Katie também percebe que Alex é um cara sensacional, e seus filhos são duas crianças muito especiais. Ela se vê finalmente em um lugar com esperança de um futuro melhor. E quanto mais tempo passa com eles mais ela percebe que o cerco se fecha e que em algum momento ela precisará falar sobre o que deixou para trás. Se é que o que ela deixou para trás realmente deixou ela.
"   Alex se perguntava não apenas sobre o passado dela, mas também sobre todas as outras coisas que ainda não sabia a seu respeito. Tentou imaginar de que tipo de música ela gostava, qual a primeira coisa em que pensava ao acordar de manhã ou se já tinha ido a algum jogo de beisebol. Ela dormia de costas ou de lado? Se pudesse escolher, preferiria chuveiro ou banheira? Quanto mais pensava, mais curioso ficava.     Ele queria que ela lhe contasse os detalhes de seu passado, não porque tinha a ilusão de que pudesse salvá-la, mas porque falar sobre o passado significava abrir a porta para o futuro. Significava que poderiam ter uma conversa de verdade.    Na quinta, cogitou aparecer na casa dela. Chegara até a pegar as chaves do carro uma vez, mas acabara desistindo porque não tinha ideia do que dizer quando chegasse lá. Nem podia prever como Katie reagiria. Será que ela iria sorrir? Ficaria nervosa? Será que o convidaria para entrar ou pediria para que ele fosse embora?      Era complicado. Ela era uma mulher misteriosa."
Será que é certo deixar um amor crescer em meio a tantos segredos? O que Katie tanto temia?

Isa Diz


Gente, que livro SENSACIONAL. Eu tentei ao máximo não falar NADA sobre o passado de Katie porque é simplesmente uma BOMBA. Eu amei cada segundo da descoberta de várias coisas nesse livro, e a forma como o autor expõe isso para o leitor é cativante. Eu chorei, ri, e me surpreendi demais. Percebi que o autor não consegue mesmo se conter; alguém no livro precisa ter câncer. Mas pelo menos nossos personagens principais permaneceram vivos e intactos.

Katie é muito misteriosa, mas por um momento na leitura você se esquece do passado dela e acaba se perdendo na doce queda que é a aproximação dela com Alex. Ler esse casal se apaixonando é maravilhoso, assim como foi ver o filme. Claro, tem várias diferenças do livro para o filme, mas nada que faça a gente se revoltar. O filme acentuou muito a parte thriller do livro, e deixou o romance bem leve e suave. Fora que ver o Josh Duhamel é realmente algo maravilhoso né? What a man!

Eu amei cada segundo dessa leitura, que sugou minha atenção do início ao fim. Juro para vocês, eu não esperava por NADA do que aconteceu, e isso foi com certeza o diferencial desse livro para mim. Eu estou apaixonada com esses novos livros do Nicholas. Digo novos porque as capas que a editora deu para essas novas edições também deram um novo ar à narrativa. O que vocês estão presenciando aqui é único: uma pessoa que não gostava das obras do autor se rendendo a sua escrita maravilhosa. 

Para quem como eu era relutante em ler Nicholas Sparks, e para quem não se encantou por esse enredo e digo: vocês não imaginam o que estão perdendo. A história é tão real que você imagina como seria se acontecesse com você, ou as muitas pessoas que podem viver isso e a gente nem imagina. Fui cativada pela história de Katie, uma mulher que não parou de lutar NUNCA, e por Alex, um cara que nunca desistiu daquilo que quer. Duas pessoas assim merecem e precisam ficar juntas. Com certeza posso dizer: esse livro é um dos meus favoritos. Espero que adorem!!




Clique aqui e leia um trecho do livro, disponibilizado no site da Arqueiro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO

O blog Paixonites Literárias não incentiva o download ilegal de livros. Por favor, peço para que não utilizem esse espaço de comentários para solicitar ou fornecer livros e/ou sites para download. Comentários dessa espécie serão excluídos.