Resenhas

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

[CINEMA] JOSH BOONE, DE "A CULPA É DAS ESTRELAS", VAI DIRIGIR A ADAPTAÇÃO DE "REVIVAL"

O cineasta Josh Boone, que dirigiu o romance "A Culpa é das Estrelas", baseado na obra de John Green, está envolvido em outra adaptação, dessa vez voltada para o gênero terror. Trata-se de "Revival", do autor Stephen King, que já teve várias outras obras suas adaptadas para a TV e cinema, como o clássico "O Iluminado", "It- A Coisa" e "Under The Dome".

O Deadline anunciou que o próprio Josh Boone escreveu o roteiro do filme e o apresentou a Universal Pictures. O artigo sugere ainda que o projeto deve encontrar outro financiador rapidamente caso o estúdio dê uma resposta negativa.

"Revival" conta a história de Jamie Morton, um músico viciado, e o pastor Charles Jacobs. Eles se conheceram em uma pequena cidade da Nova Inglaterra, quando desenvolveram um elo entre si baseado em uma obsessão secreta. Anos mais tarde eles se reencontram e o antigo elo se transforma em um pacto que trará sérias consequências para suas vidas.

Michael De Luca ("50 Tons de Cinza") produzirá o filme baseado "Revival". Josh Boone também está envolvido na adaptação de outra obra de Stephen King, o livro "A Dança da Morte".

A Editora Suma de Letras publica os livros que King no Brasil. A mais nova obra anunciada é "Mr. Mercedes", cujo lançamento é previsto para março.

Uma história eletrizante de Stephen King sobre vício, fanatismo e o que existe do outro lado da vida

Em uma cidadezinha na Nova Inglaterra, mais de meio século atrás, uma sombra recai sobre um menino que brinca com seus soldadinhos de plástico no quintal. Jamie Morton olha para o alto e vê a figura impressionante do novo pastor. O reverendo Charles Jacobs, junto com a bela esposa e o filho, chegam para reacender a fé local. Homens e meninos, mulheres e garotas, todos ficam encantados pela família perfeita e os sermões contagiantes.


Jamie e o reverendo passam a compartilhar um elo ainda mais forte, baseado em uma obsessão secreta. Até que uma desgraça atinge Jacobs e o faz ser banido da cidade.

Décadas depois, Jamie carrega seus próprios demônios. Integrante de uma banda que vive na estrada, ele leva uma vida nômade no mais puro estilo sexo, drogas e rock and roll, fugindo da própria tragédia familiar. Agora, com trinta e poucos anos, viciado em heroína, perdido, desesperado, Jamie reencontra o antigo pastor. O elo que os unia se transforma em um pacto que assustaria até o diabo, com sérias consequências para os dois, e Jamie percebe que “reviver” pode adquirir vários significados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário