Resenhas

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

[NOVIDADES] GUTENBERG ANUNCIA O PRIMEIRO VOLUME DE "CASTLES EVER AFTER", DE TESSA DARE

A Editora Gutenberg anunciou em suas redes sociais o primeiro volume da série "Castles Ever After", da autora Tessa Dare. Intitulado "Romance Com o Duque", o livro será lançado em março.

Andresa Vidal, a assistente editorial da Gutenberg, fez uma postagem falando sobre o livro. Abaixo você pode conferir o que ela adiantou sobre o romance.

A personagem principal, Izzy Goodnight, é uma mulher que deseja ser vista como mulher. Seu pai é um escritor famoso de contos de fada e ela é considerada a “queridinha da Inglaterra”, “a doce e inocente Izzy”. Mas agora ela já tem 26 anos e nada de inocente.

Quando ela conhece Ransom, um homem sedutor, bravo e que a trata do jeito que ela sempre quis, ela mal pode acreditar. Mas ele não gosta nem um pouco da presença dela em seu castelo. Ele a acha sedutora e perigosa demais e, principalmente, ela diz ser dona da propriedade – quando ele tem certeza de que na verdade é dele.

Tessa é conhecida por seus romances de época. Outra série de sua autoria publicada pela Gutenberg é "Spindle Cove".

"Romance Com o Duque" ainda não teve sua capa nacional divulgada. Confira abaixo a arte estrangeira e a sinopse traduzida:

No primeiro livro da cativante série "Castles Ever After", de Tessa Dare, uma misteriosa fortaleza será o cenário para um amor improvável...

Filha de um famoso autor, Isolde Ophelia Goodnight cresceu sob contos de bravos cavaleiros e donzelas. Ela nunca duvidou que romance também estaria em seu futuro. Os contos de fadas ofereciam infinitas possibilidades.

Mas, a medida que Izzy foi crescendo ela foi riscando, um por um:

Patinho feio virou cisne?
Sequestrada por saqueador bonito?
Salva da escravidão pelo príncipe encantado?

Não, não, e... Hã.

Agora Izzy desistiu do seu anseio por romance. Ela se contentaria simplesmente com um teto sobre a sua cabeça. Afinal, o que os contos de fadas reservam para uma mulher de 26 anos de idade e pobre que nunca sequer foi beijada?

Este Conto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário