quinta-feira, 19 de outubro de 2017

[CINEMA] ADAPTAÇÃO DE "PERDÃO, LEONARD PEACOCK" NÃO SERÁ DIRIGIDA POR CHANNING TATUM

O ator Channing Tatum divulgou um comunicado informando sobre seu desligamento da adaptação de "Perdão, Leonard Peacock", livro do autor Matthew Quick ('O Lado Bom da Vida'). A decisão veio após as várias denuncias de assédio contra Harvey Weinstein, dono da produtora The Weinstein Company.

Tatum iria co-dirigir o filme em parceria com Reid Carolin, com quem já trabalhou em "Magic Mike", mas agora ambos desistiram do projeto em apoio as mulheres assediadas por Weinstein. Em uma nota conjunta postada no Instagram, a dupla justifica:

"As mulheres valentes que tiveram coragem de se levantar e falar a verdade sobre Harvey Weinstein são as nossas verdadeiras heroínas. Elas estão fazendo a parte pesada do trabalho para construir o mundo igualitário em que todos merecemos viver.

Nosso projeto solitário em desenvolvimento com a TWC – o brilhante livro de Matthew Quick, 'Perdão, Leonard Peacock' – é a história de um garoto cuja vida mudou completamente após abuso sexual. Enquanto nós não estaremos mais no desenvolvimento deste ou de qualquer projeto que seja propriedade da TWC, nós somos lembrados de sua poderosa mensagem de superação frente à tragédia.

Esta é uma oportunidade gigantesca para mudanças positivas, à qual nós nos comprometemos com orgulho. A verdade está aí – vamos continuar o que as nossas incríveis colegas começaram e eliminar o abuso da nossa cultura de criação de uma vez por todas.

- Chan e Reid

Portanto os direitos de adaptação de "Perdão, Leonard Peacock" ainda pertencem a The Weinstein Company, mas não teremos Tatum envolvido no projeto. O livro foi publicado no Brasil pela Editora Intrínseca.

2 comentários:

  1. Atitude que deve ser aplaudida!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir