Resenhas

domingo, 13 de março de 2016

[RESENHA] "O RESGATE DO TIGRE", DE COLLEEN HOUCK

Nome: O Resgate do Tigre
Série: A Saga do Tigre #02
Autora: Colleen Houck
Editora: Arqueiro
Onde comprar: Buscapé
Fé. Confiança. Desejo. Até onde você iria para libertar a pessoa amada?

Kelsey Hayes nunca imaginou que seus 18 anos lhe reservassem experiências tão loucas.

Além de lutar contra macacos d’água imortais e se embrenhar pelas selvas indianas, ela se apaixonou por Ren, um príncipe indiano amaldiçoado que já viveu 300 anos.

Agora que ameaças terríveis obrigam Kelsey a encarar uma nova busca – dessa vez com Kishan, o irmão bad boy de Ren –, a dupla improvável começa a questionar seu destino. A vida de Ren está por um fio, assim como a verdade no coração de Kelsey.

Em O resgate do tigre, a aguardada sequência de A maldição do tigre, os três personagens dão mais um passo para quebrar a antiga profecia que os une. Com o dobro de ação, aventura e romance, este livro oferece a seus leitores uma experiência arrebatadora da primeira à última página.


Resenhas | Série “A Saga do Tigre”


   


Ao aceitar um emprego temporário no circo, Kelsey jamais imaginou que acabaria em uma jornada para tentar quebrar uma antiga maldição que transformou dois príncipes indianos, os irmãos Ren e Kishan, em tigres. Ela também não esperava se apaixonar por um deles.

Depois de conseguir o primeiro presente da deusa Durga e consequentemente conquistar algumas horas de liberdade na forma humana para os irmãos, Kelsey põe fim ao seu conturbado relacionamento com Ren e volta para os Estados Unidos na tentativa de superar seus sentimentos por ele. O que vemos logo no início de “O Resgate do Tigre” é a protagonista dedicando-se aos estudos e também a encontros com outros garotos, empenhada em seguir em frente com sua vida. Só não estava em seus planos que Ren a seguiria, disposto a provar que o amor dele por ela é real.
“- Você não complica minha vida. Você a simplifica. Quando está perto, sei exatamente onde eu deveria estar: ao seu lado. Quando você se vai, apenas corro em círculos, confuso. Minha vida ficou desequilibrada. Fora de foco.”
Confusões amorosas a parte, o perigo continua a se aproximar de Kelsey e de todos aqueles com quem ela se importa, uma vez que Lokesh, o feiticeiro maligno que jogou a maldição sobre os príncipes, está de volta e para o desespero de todos, acaba capturando Ren.

Agora Kelsey, dessa vez acompanhada por Kishan e mais uma vez contando com a ajuda do Sr. Kadam, deve se preparar para entrar em novas terras desconhecidas, lugares escondidos dos olhos humanos e habitados por criaturas mágicas, para encontrar o segundo presente de Durga em um desafio que além de ser mais uma vitória na busca pelo rompimento da maldição, ajudará na localização de Ren.

“A Maldição do Tigre” mostrou-se uma história tão maravilhosa que minhas expectativas para a sequência ficaram altíssimas. Felizmente não me decepcionei e “O Resgate do Tigre” tem sim uma aventura tão incrível e envolvente quanto a do livro anterior, que é o que eu esperava.

Admito que inicialmente pensei que poderia ter uma grande decepção, pois o começo me pareceu arrastado com foco no retorno de Kelsey a sua ‘vida normal’ no Oregon e as tentativas de conseguir um novo relacionamento. O momento em que Ren e Kishan aparecem é o ponto onde a narrativa se desenrola e a leitura torna-se mais fluída; os irmãos com certeza tornam as coisas mais divertidas.

Com Ren sob o domínio de Lokesh, Kelsey parte acompanhada por Kishan para passar pelas provações do novo desafio que a espera. Juntos eles enfrentam situações que colocam suas vidas em perigo, passam por experiências fantásticas e consequentemente acabam ficando mais próximos. Kelsey pensa em Ren o tempo inteiro, mas Kishan está sempre por perto e aproveita cada oportunidade para jogar seu charme para cima dela, que tenta resistir ao máximo.
"Quando eu pensava em Kishan, sentia confusão e afeto misturado a um bocado de culpa. Com Ren, eu me sentia aberta e iluminada, livre e desesperadamente feliz. Eu amava Kishan, mas estava apaixonada por Ren. A forma como isso acontecera era irrelevante. O fato era que tinha acontecido."
Kelsey pode até irritar alguns leitores com suas indecisões amorosas, mas não há como dizer que ela não é uma garota corajosa e dedicada. Nesse livro ela insiste em aprender a lutar para poder defender-se sozinha, além de descobrir e desenvolver habilidades que certamente serão bastante úteis em suas aventuras na tentativa de encerrar a maldição.

Kishan ganhou mais espaço na trama e me deixou completamente apaixonada. Ele é tão valente quanto Ren, mas com certeza é bem mais atrevido e mais uma vez encontra-se desejando uma garota que pertence ao seu irmão. Ele é um personagem maravilhoso que não tem tido sorte em sua história e realmente espero que quando a saga chegar ao fim, Kishan encontre seu próprio final feliz.
“[...] Quando é preciso fazer alguma coisa, eu faço. Quando eu sinto alguma coisa, eu tomo uma atitude. Não vejo nenhum motivo para que Ren mereça ter a garota dos seus sonhos e eu não. Não me parece justo isso acontecer comigo duas vezes.”
A capa do livro traz o tigre negro de Kishan e é simplesmente maravilhosa. A diagramação está impecável e não encontrei erros no texto, que aliás, tem uma ótima fonte e tamanho de letras.

O final de “A Maldição do Tigre” faz uma promessa que “O Resgate do Tigre” cumpre, que é o de uma sequência igualmente deliciosa. O desfecho introduz um assunto que com certeza vai dar muita dor de cabeça para a protagonista no terceiro livro da saga, o que deixa o leitor com altas expectativas para o que vem a seguir.

Colleen Houck continua encantando com sua escrita leve e cheia de detalhes da mitologia hindu. A narrativa consegue entreter o leitor e fazê-lo se perder nesse misterioso mundo de magia, amor e aventura contidos em mais de quatrocentas páginas que passam como um trem bala.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO

O blog Paixonites Literárias não incentiva o download ilegal de livros. Por favor, peço para que não utilizem esse espaço de comentários para solicitar ou fornecer livros e/ou sites para download. Comentários dessa espécie serão excluídos.